daqui até à China

que era mesmo ali ao lado.

Com as botas a me pesarem na mochila, estava na hora de fazer mais um trekking. Dois dias no norte do Vietname a subir e a descer campos de arroz, abraçar montanhas e a limpar os pulmões (e os meus olhos) da poluição avassaladora da capital vietnamita. Chegámos a Sa pa bem cedo, uma pequena cidade situada a 1500 metros acima do mar perto da fronteira com a China, onde nos esperava uma guia cheia de brincadeiras. Ao grupo maravilha juntou-se um argentino bastante divertido. A paisagem parecia desenhada a lápis de cor. 

Share:

back to my roots

antes de mais, uma explicação.
parei de escrever de repente e durante muito tempo tentei encontrar as palavras certas para vos contar as minhas aventuras, sem sucesso.
a partir do momento em que passei a viajar acompanhada 24/7 deixei de ter tempo para reflectir e passei a viver de maneira diferente mas igualmente intensa. A escrita e o blog foram passados para segundo plano, o clique deu-se quando escrevi este post e percebi que não estava bom. 

agora voltei ao meu cantinho à beira-mar plantado. ainda a recuperar da minha viagem (aqui ninguém esteve de férias) mas cheia de vontade de partilhar convosco o meu último mês e meio. 
vietname, cambodja e o sul da tailândia.
estou muito feliz por estar de volta. tenho muitas histórias para contar, muitos rolos para revelar e muitas memórias para guardar.

até já


Share:
© K A R K O V A | All rights reserved.