Saibadee LAOS!



Deixei Chiang Mai com um abraço apertado e decidida a fazer amigos na mini-van que me levaria até à fronteira com Laos. Quando entrei achei que talvez não fosse tão fácil como pensava. Duas razões: só rapazes e pareciam um grupo. 
Primeira paragem: White Temple. Confesso que não estava à espera de nada e o que vi deixou-me de boca aberta. Afinal não é só um templo branco é um templo branco completamente louco. Com mãos e caveiras por todo lado e com grafittis por dentro (não se podia fotografar o interior, uma pintura do Bush e do Bin Laden devem explicar isso). 





Seguimos para Chiang Khong, última paragem na Tailândia e onde iriamos passar a noite. Quando estava a preencher a papelada do visto para o dia seguinte reparo num passaporte chileno e digo: haja alguém que fale espanhol. Começamos a falar e entretanto todos falavam espanhol e não eram um grupo, quer dizer, os ingleses estavam a viajar juntos, o chileno sozinho e os americanos juntos. Ficámos todos amigos, a noite foi passada debaixo de um mar de estrelas a falar da viagem, dos lugares por onde passámos, das pessoas que conhecemos e da riqueza que esta experiência nos está a dar. 

Manhã seguinte, passámos a fronteira para Laos e fomos de barco até Pakbeng onde passámos a noite. Um lugar pequeno e calmo. Na tarde seguinte chegámos a Luang Prabang e aqui começa o filme. Tinham-me avisado que desde há uns meses que o barco já não parava em Luang Prabang mas a 10 km, de maneira que teríamos de apanhar um tuktuk até à cidade, eu avisei o meu grupo que isto poderia acontecer. Como previsto parámos nesse porto, ninguém se levantou e começou tudo a gritar Luang Prabang, que tinhamos pago até à cidade e não nos iam deixar a meio do caminho. Quando começaram a mandar as mochilas para fora do barco tivemos de sair. A revolta continuou quando chegámos cá cima e o tuk tuk era super caro.Decidimos ir a pé até conseguirmos um tuktuk barato, conseguimos ao fim de dez minutos por um terço do preço. Mas muita gente foi a pé...(crazy people)





Aproveitei Luang Prabang da melhor maneira, descanso-passeio-diversão. Um dos pontos altos foi a Kuang Si Waterfall, subi até lá cima e tomei banho na água meio-fria da cascata. 
Encontrei duas portuguesas, uma estava no meu hostel outra no hostel dos meus amigos, e foi espectacular! Depois de um mês sem encontrar portugueses é óptimo encontra-los! Que festa que fizémos. 





Hoje começa a segunda fase da minha viagem. Depois de 34 dias a viajar "sozinha", experiência que amei do fundo do meu coração, vou passar os próximos 42 dias acompanhada por amigas. O encontro será esta noite no aeroporto de Hanói, entretanto já juntei mais pessoas para se juntarem a nós. Estou bastante entusiasmada e espero que seja tão bom como foi viajar sozinha! 

próxima paragem: Hanói, Vietname.
beeijos
Share:

8 comentários

  1. Continua por aí, pois estou a adorar esta tudo viagem...fica bem ;)

    ResponderEliminar
  2. Admiro a tua coragem. Adorei as fotos e adoro a forma como relatas as tuas viagens!*

    ResponderEliminar
  3. Viajar sozinha ou acompanhada, o que importa e viajar e se for mais diversas formas melhor. Viajei sozinha 7 meses na asia e foi inesquecivel, aprendi bastante sobre mim e os outros.
    hanoi e espectacular, nao sou dada a cidades mas esta tem uma identidade propria. Se gostas de montanhas, vilecas e sub culturas vai conhecer as tribos de sapa.
    se precisares de outras dicas avisa camarada viajante!
    um beijinho de marrocos e boas viagens!

    ResponderEliminar
  4. Adorei =)
    Uma curiosidade, qual é o livro da primeira fotografia?

    ResponderEliminar
  5. K, estou tão tentada a pegar neste teu roteiro e começar a planear algo assim para mim... Não tens noção do quão inspirador isto está a ser!

    ResponderEliminar
  6. que sítio lindo o da cascata!! aiii inveja :))

    ResponderEliminar
  7. Acho que este foi o blog mais inspirador que encontrei hoje.
    tudo o que eu realmente precisava de ler/ver era este blogue :)
    parabens. vou acompanhar. e uma óptima viagem (um dia espero também fazer algo assim, para me encontrar).
    p.s: fiquei intrigada com a fotografia do livro em cima e gostaria de saber o título :)

    ResponderEliminar
  8. o livro da imagem é Quem chorará por mim? Robin Sharma!! :)

    ResponderEliminar

i heart you.

K.

© K A R K O V A | All rights reserved.