isto não é uma lista de natal

#travel


este natal não tenho uma wishlist.
há uns meses decidi me tornar minimalista. 
sentia-me sem espaço e totalmente sem ordem - demasiada tralha, pouco espaço. era urgente tomar uma medida que resolvesse o problema.

não é uma decisão que se tome de ânimo leve, não mesmo, é necessário muita força de vontade, trabalho e tempo para que isso aconteça.
depois da decisão tomada há que torná-la real. pesquisei bastante e encontrei o meu caminho.
é importante frisar que ao me tornar minimalista não estou, de todo, a renunciar a todos os bens materiais mas a cingir-me ao que considero essencial - o essencial varia de pessoa para pessoa - e a não acumular coisas.
 como ainda vivo com os meus pais não posso destralhar a casa toda então virei-me apenas para o meu quarto. 
 nota: isto não é um processo apenas material mas também físico e espiritual. neste último o livro o monge que vendeu o seu ferrari ajudou bastante a par da meditação e do yoga.
ainda não posso me considerar uma minimalista pois há um longo caminho a percorrer mas estou no bom caminho. até ao final do ano tenho tudo destralhado.

no inicio disse que este natal não tenho uma wishlist, no entanto aparece uma lista.
vou fazer uma viagem, daquelas de uma vida, por isso preciso de uma série de coisas que ainda não tenho e preciso.
esta lista é uma espécie de mental list do que não me posso esquecer.

umas boas botas para longas caminhadas.
um casaco que protega do frio, vento e chuva mas que não seja pesado.
uma mochila mais pequena para levar as câmaras, computador e usar no dia-a-dia.
uma máscara de repouso e tampões para os ouvidos.
um adaptador universal.
uma almofada para as viagens
uma bolsa para os valores 
e a go pro hero 3 ou similar para fotografar o fundo do mar.

much love
Share:

3 comentários

  1. O que eu gostava de me tornar minimalista, tenho tanta MERDA em casa :( é um abuso, às vezes só me apetece mandar mesmo tudo fora, mas pronto..o consumismo fala sempre mais alto! Força nesta tua mudança :) e vais fazer uma viagem longa? que sooooorte! :) **

    ResponderEliminar
  2. Por um série de razões, também adoptei uma postura mais minimalista, claro que ainda tenho muita coisa que gostaria de mudar e tal como tu dizes é um processo espiritual e até físico, daí quanto a mim, todo este processo leve algum tempo a ser assimilado...vivo sem grandes vontades consumistas (tirando o raio do chocolate) e procuro sempre focar-me no que realmente é essencial e importante...
    Quanto à tua lista, diria mesmo que tens aqui um belo arsenal, portanto, fico já aqui a imaginar umas quantas coisas loucas/aventuras e super curiosa com essa tua câmara para fotografar o fundo do mar...por acaso tenho um adaptador universal como o da tua imagem, comprado numa daquelas lojas que transbordam de mercadoria (chinês).... tem uma boa noite ;-)

    ResponderEliminar

i heart you.

K.

© K A R K O V A | All rights reserved.